Esclarecimento 3- Exemplos

Bolsa Família e CEF

Todas as vezes que o Tesouro Nacional não transferiu recursos para o MDS repassar para a Caixa Econômica Federal (CEF) para pagar os beneficio dos Bolsa Família, a CEF pagou os benefícios e o saldo da conta de suprimentos na CEF, a conta da CEF que registra os repasses da União ao banco para o pagamento do Bolsa Família, ficou negativa.

De 2007 a 2011, essa conta ficou com o saldo negativo em apenas um mês. Em 2012 e 2013, essa conta ficou negativa em quatro meses cada ano e, em 2014, de janeiro a setembro, essa conta ficou negativa em oito de nove meses. Sempre que a conta fica negativa, significa que o Tesouro deve ao banco público.

Saldo da CEF para pagamento do Bolsa Família – 2007 a setembro de 2014

Untitled

Ou seja, com exceção de janeiro de 2014, durante todos os meses de fevereiro até setembro de 2014 o saldo da conta de suprimentos na CEF para o pagamento do bolsa família ficou negativa, superando o valor R$ 2 bilhões em julho de 2014. Isso prova os atrasos, em 2014, foram planejados, não foi algo esporádico como foi de 2007 a 2011, quando esse saldo ficou negativo em apenas um único mês ao longo de 60 meses.

3 pensamentos sobre “Esclarecimento 3- Exemplos

    • Não. Caixa tem outros problemas mas qualquer problema governo vai cobrir. Risco maior não é para clientes, mas sim para os contribuintes.

  1. Pingback: Links do dia – procrastinandojunto

Os comentários estão desativados.