Esclarecimento-2: A defesa do governo.

O governo federal alega que todos os governos sempre atrasaram pagamentos para bancos públicos e, assim, não seria algo específico do governo Dilma. Mas isso não parece ser correto.

Não se descarta que tenha ocorrido atrasos eventuais de repasses de pagamentos do Tesouro para bancos públicos em governos anteriores. No entanto, o problema no caso do governo Dilma, a partir de 2013 e 2014, é que esses atrasos passaram a ocorrer de forma sistemática e recorrente, o que mostraria uma estratégia planejada de, artificialmente, reduzir a despesa primária e elevar artificialmente o superávit primário.

Há vários exemplos dessa mudança de comportamento de atrasos periódicos para atrasos recorrentes nos pagamentos do Tesouro aos bancos públicos e ao FGTS no caso das despesas de parte do programa Minha Casa Minha Vida que estão devidamente analisados e explicados no Acórdão nº 992/2015 do TCU.

3 pensamentos sobre “Esclarecimento-2: A defesa do governo.

  1. Pingback: Links do dia – procrastinandojunto

Os comentários estão desativados.