Agressão a jornalistas é coisa de bandidos

Assistindo hoje à noite a repercussão da condução coercitiva do ex- presidente Lula, algo que me assustou foi a agressão de simpatizantes dos Partidos dos Trabalhadores e/ou do ex-presidente Lula à imprensa.

Isso é algo inaceitável. Imprensa livre é essencial para democracia. É  estranho que alguns simpatizantes do PT se comportem como inimigos da democracia ao agredirem repórteres. Não é bom para democracia quando a imprensa é tratada como inimiga. Os fatos reportados pela imprensa de desvio de recursos pela Petrobras e o uso político da empresa está sendo amplamente confirmado pelos tribunais superiores, o que comprova que os fatos reportados não são invenção da “grande imprensa”.

A postura de alguns políticos ou militantes de diversos partidos políticos, que, ao invés de se defenderem de acusações, agridem e fomentam agressão ao que denominam de “grande imprensa” é sinal de subdesenvolvimento,  uma atitude contra a democracia e contra o bom funcionamento das instituições.

Assim, sempre que você ver alguém agredindo fisicamente um repórter que está fazendo o seu trabalho, pode ter certeza que você está presenciando um ataque à democracia.

10 pensamentos sobre “Agressão a jornalistas é coisa de bandidos

  1. Caro Mansueto,

    Infelizmente, os esquerdistas possuem uma mentalidade totalmente distorcida. Eles politizam tudo até o que não é politizado diretamente!

    Assim, para os esquerdistas não existe descrição dos fatos objetivos, independente das variações subjetivas.

    Os esquerdistas (incluindo os petistas) só aceitam as “verdades” que estão em sintonia com as crenças e valores esquerdistas.

    O resto é pura “mentira” dentro da “ditadura do proletariado” no qual eles (esquerdistas) sonham transformar o Brasil!

    Não se pode condenar o carteiro e/ou repórter por trazer más notícias!

    Como faz falta muitas aulas de lógica para os esquerdistas aprenderem o que são falácias!

  2. Imprensa livre, para socialista, é aquela que lhe elogia e alimenta assassinatos de reputação dos inimigos.
    Imprensa livre, para governo socialista, é aquela que se dobra a anúncios de estatais e órgãos federais (alguns deles monopolistas sem concorrência.
    Que os profissionais de imprensa, esmagadoramente esquerdistas, vistam a carapuça e se posicionem contra seus “ídolos políticos”. Caco Barcellos, por exemplo, tome vergonha na cara! Agrediram sua repórter gravando seu programinha de propaganda petista, obediente à agenda dessa cambada!

  3. Concordo plenamente, Mansueto!
    O Brasil precisa continuar sendo um país democrático e, com uma democracia – a cada dia – mais consolidada. Esses agressores aos repórteres devem ser identificados e punidos. Inicialmente, fichados e advertidos. Em reincidência, prisão! Chega de impunidade! Que os fatos das operações Lava jato, Zelotes, etc sejam devidamente apurados com a cobertura da grande imprensa! E, que se faça justiça, doa a quem doer!

  4. Mansueto, eu respeitosamente e usando do bom ambiente proporcionando pelo seu blog gostaria de discordar de alguns pontos. As ações violentas, que sim envolveram militantes do PT, também contaram com a participação de pessoas a favor da prisão do ex presidente Lula. Com relação ao fato causador dessas confusões diversos juristas se manifestaram contra a ação da PF, isso não justifica a violência de ambos os lados, contra o ex presidente e sinceramente não entendo porque tal condução coercitiva ( ou até mesmo uma prisão preventiva) não foi realizada até agora contra o Eduardo Cunha por exemplo que já possui diversos fatos que complicam a sua vida e parte da opinião pública simplesmente o venera. Eu vejo muitos pontos positivos na operação lava jato mas infelizmente dessa vez o juiz Sérgio Moro deixou muito a desejar no racional utilizado para tal ação contra alguém que até agora se mostrou a disposição da justiça. Antes que apareça algum comentário de que sou membro do PT ou coisas do tipo já digo que não tenho nada relacionado a eles, por outro lado sou 100% a favor da democracia e do estado de direito e acho que esses pontos foram infrigidos ontem na minha opinião. Lembrando que o lado pró impeachment, que é um direito de qualquer cidadão pensar dessa forma face a situação que enfrentamos, já se mostrou intolerante e violenta também. No final infelizmente ambos os lados acaba abrigando pessoas de mentalidade questionável mas que não representam a posição e o ponto de vista central dessa história toda.

    • Agressão é algo detestável seja pro ou contra Lula, pro ou contra FHC, etc. Devemos ficar no campo do debate de ideias.

      Quanto a questão da condução coercitiva, o caso deve sim ser apurado. Os advogados do ex-presidente Lula se podem entrar com uma representação sobre este caso.

      Mas o meu ponto aqui foi a agressão que foi cometida à repórteres por pessoas bastantes inflamadas e é fato que ALGUMAS pessoas do PT e o próprio ex-presidente Lula falam sempre de um complô da grande imprensa e contribuem para que algumas pessoas pensem que a culpa é da imprensa e não de quem comete os delitos.

      Em geral, a imprensa é muito dura com governos independentemente do partido no governo. Mas daí em falar em complô da imprensa é um imenso exagero e agredir repórteres o fim da picada.

    • Desculpe, mas é besteira. Qualquer pessoa inteligente que consiga ler um despacho judicial vai ver que isso não se sustenta (e os do juiz Sergio Moro são extremamente claros) pois há ampla jurisprudência a respeito, inclusive ali citada.O único erro foi não conduzir o distinto alcoólatra pra Curitiba, como estava previsto.
      E a verdade é que não dá mais pra aliviar com o PT. Se você aliviar, eles roubam teu relógio e te dão uma surra.

    • Nem todo mundo tem o sangue frio e altivez para apanhar calado como o pessoal do MBL e VPR, homens e mulheres que estavam em vigília à frente do Congresso e foram atacados covardemente pelo MST e MTST, inclusive sob orientação de alguns assessores e parlamentares, com punhos e até armas cortantes.

      Cada vez mais as provocações e agressões impostas pelas tropas de choque petistas serão respondidas pelas pessoas que se manifestam dentro do espírito democrático. É fácil dizer que houve excessos dos dois lados, mesmo quando um lado parte pra briga no intuito de se defender.

      Não dá pra sempre apanhar calado, chega de terrorismo vermelho.

  5. Para os colegas que colocam em dúvida a condução coercitiva que foi submetido o senhor Luiz Inácio LULA da Silva.

    1- Em resumo, não passa de uma guerra de narrativa para colocar o ex-presidente como vítima.

    2- Muitos têm comentado sobre a legalidade da ação, diga-se a maioria dessas pessoas não possuem conhecimentos jurídicos básicos, não apresentam nenhum argumento válido e nem leram o despacho do juiz.

    3- A condução de Lula foi constitucional, Moro apresenta no despacho a base jurisprudencial. Segue o link com o despacho:
    http://jota.uol.com.br/leia-o-despacho-de-sergio-moro-determinando-a-conducao-coercitiva-de-lula

    4- Sobre a boa vontade de Lula. Ele foi intimado diversas vezes e não compareceu aos depoimentos. Segue o Link:
    http://g1.globo.com/sao-paulo/noticia/2016/02/lula-e-marisa-nao-irao-comparecer-para-depor-nesta-quinta-diz-instituto.html

    5- Sobre a legalidade da condução coercitiva diversas associações se pronunciaram:

    Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR) solta nota de repudio a Lula e defende Operação Aletheia. Segue o link:
    http://anpr.org.br/noticia/4475

    Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe) defende legalidade de ação contra Lula. Segue o link:
    http://www.ajufe.org/imprensa/noticias/juizes-federais-rebatem-qualquer-alegacao-de-ofensa-a-democracia-e-a-constituicao-na-operacao-lava-jato/

    Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB) defende constitucionalidade de ação contra Lula. Segue o link:
    http://www.amb.com.br/novo/?p=26771

    Por fim, como disse o Mansueto os advogados do ex-presidente podem entrar com uma representação sobre este caso. Aposto com qualquer um que eles irão perder.

  6. Agressão a jornalistas está alinhado com a guerra conclamada pelos comandantes petistas. Não se tratam de excessos individuais. A corrupção pode ter salvo a democracia.

Os comentários estão desativados.