Curiosidades

Tenho uma pergunta. Algum país no mundo, não vale Coreia do Norte, Cuba, Afeganistão e outros países não democráticos, já bloqueou o WhatsApp? Se sim quais e por que? será que até nisso o Brasil vai tentar “inovar”?

É normal ministros da fazenda serem demitidos, caso do Mantega,  ou anunciarem que sairão, caso atual, e continuarem como ministros por vários meses?

Será que os brasileiros têm noção do que se fala do Brasil hoje em dia no exterior. Ontem, em uma das minhas reuniões aqui em New York, o gestor teve que sair para explicar para um investidor enfurecido porque o seu dinheiro aplicado no Brasil havia tido uma perda no ano de 30%!

Por que antes do banqueiro André Esteves ser preso ninguém me falou dos sonhos dele?

Nas minhas palestras em NY, gestores de renda fixa não se assustam muito. Já sabiam o tamanho do problema. Gestores de renda variável apertam minha mão com medo de mim. A única turma hoje bem disposta a “comprar Brasil” é a turma que aposta nas flutuações da moeda e juros.

Por que 9 entre 10 bons economistas ortodoxos falam que o Banco Central não deve mais aumentar a taxa de juros, mas esperam que o Banco central aumente a taxa de juros? Essa história diverte a turma aqui fora.

Por que mercado foi tão comportado esta quarta feira? FED começou  subida de juros, procuradoria pede afastamento do presidente da Câmara dos Deputados, ministro da fazenda não nega sua saida e perdemos o segundo grau de investimento. Mercados até que reagiram bem e sem stress.

Para terminar, por que todos os estrangeiros e brasileiros aqui em New York me contam tanto sobre o caso recente da África do Sul? presidente Jacob Zuma  nomeia um ministro da fazenda sem credibilidade que leva a uma desvalorização de 16% da moeda local, o Rand, em poucos dias.

O novo ministro da fazenda durou quatro dias dos quais dois eram final de semana. Há algum risco de o governo brasileiro tentar fazer algo parecido, i.e testar alguém pouco conhecido e sem credibilidade na Fazenda se Levy sair?

 

13 pensamentos sobre “Curiosidades

  1. Prezado Mansueto, você fez a pergunta e você mesmo respondeu, nenhum país democrático, o que não é o nosso caso, o nosso regime é mutante, antes era a ditadura da unanimidade e hoje a da corrupção.

  2. Quanto a credibilidade de um novo ministro da Fazenda, acho que não importa muito. O governo não tem credibilidade para implantar as decisões da Fazenda, então parece que a essa altura tanto faz quanto tanto fez quem estiver lá.

  3. O problema do Brasil é o brasileiro.Enquanto o povo não tirar a bunda do sofá e ir para as ruas protestar contra tudo isso que esta ai, vamos continuar a ser motivo de “piada no exterior” como cantava Renato Russo.

  4. Por que ninguém lembra do Mercadante para ministro da Fazenda? Ele é o guru econômico do PT, não? Proponho Mercadante para o cargo. Se é para enfiar o pé na jaca, que seja com convicção!

    • Pô Alexandre, está esquecendo do Luiz Gonzaga Belluzzo e do microcéfalo do Marcio Pochmann. Pensa que maravilha seria, o quarteto fantástico, Belluzzo, Pochmann, Mercadante e Barbosa, todos juntos em prol da nação… Não há nada tão ruim que não possa ficar pior.

  5. Nas suas palestras vc poderia oferecer uma porção de jabuticabas pra cada um e inicialmente contar uma historinha sobre essa deliciosa fruta que, aparentemente, só tem no Brasil. Depois vc conta sobre as jabuticabas econômicas, políticas, institucionais e por aí vai…

  6. É um absurdo propor uma banda para superavit, o que não quer dizer absolutamente nada porque o superavit pode ir de 0,5 a zero. Por que não propor. então, de 0,7 a zero?

    É lamentável ver Levy no papel de Polyana, em eterno jogo do contente. Papel ridículo e que não convence ninguém. Levy sabe muito bem que o que foi proposto é muito pior do que se Dilma propusesse, ainda contra Levy, baixar a meta para, sei lá, 0,4%.

    É um absurdo que o bloqueio do WhatsApp tenha sido determinado como desdobramento de um processo criminal que corre em segredo de justiça.

    Quando soube da notícia, imaginei que o bloqueio era resultado de alguma iniciativa das operadoras, mas aparentemente não foi: “Eduardo Levy, presidente do SindiTeleBrasil, diz que as operadoras são obrigadas a atender a determinação e que não é do interesse delas bloquear o WhatsApp no país” (site G1)

    O que diz o site do TJSP

    A 1ª Vara Criminal de São Bernardo do Campo determinou a operadoras de telefonia o bloqueio do aplicativo WhatsApp, pelo período de 48 horas. O prazo passa a contar a partir da 0 hora seguinte ao recebimento do ofício da Justiça.
    A decisão foi proferida em um procedimento criminal, que corre em segredo de justiça. Isso porque o WhatsApp não atendeu a uma determinação judicial de 23 de julho de 2015. Em 7 de agosto de 2015, a empresa foi novamente notificada, sendo fixada multa em caso de não cumprimento.
    Como, ainda assim, a empresa não atendeu à determinação judicial, o Ministério Público requereu o bloqueio dos serviços pelo prazo de 48 horas, com base na lei do Marco Civil da internet, o que foi deferido pela juíza Sandra Regina Nostre Marques.

  7. Como ninguém do mercado é burro o suficiente para aceitar o cargo e a presidente precisa de 1/3 do congresso para barrar o impeachment, a saída “lógica” (entre aspas pois esta palavra toma outra proporção no atual governo), é a de presentar alguém do PMDB com a fazenda. E quem surge como o salvador da pátria? Romero Jucá… economista…. formado pela universidade católica de Pernambuco… Tá, parei.

  8. Sou pela volta do mantega. As entrevistas dele eram as melhores, não tinha como não rir, nem ele se aguentava, soltava um riso no canto. Era um stand-up comedy em estado natural, em sua pureza maior. Volta Mantega, assim poderemos rir novamente. Era engraçado ele enfiando o país na maior shit e a gente ria, eram muito engraçadas as entrevistas, porque nem ele acreditava naquilo, mas fazia, pelo “bem maior”. Tenho certeza de que ele aceitaria. Ah, e Levy, sai logo daí, entrega a carta hoje mesmo, vai pro rio e não volte mais, melhor sair deste jeito do que virar um zumbi ai na Fazenda.

  9. Meu caro Mansueto, depois o pessoal gosta de falar mal de político…

    O judiciario nosso é uma vergonha.

    Como que um juiz de 1 instancia faz uma palhaçada dessas ? Nâo tem o menor cabimento, só pode ser vontade de aparecer.

    E pior, o nosso STF, não julga um caso importantíssimo, por que, adinha, tem recesso de final de ano ?

    Nâo é uma maravilha ? Não poderiam trabalhar nem mais uma semaninha para julgar um caso de suma importância para o Estado Brasileiro ?

    Ficamos todos nós com cara de palhaços.

Os comentários estão desativados.