O mundo paralelo do ministro do trabalho

Eu já escutei muita loucura na vida, mas essa declaração do ministro do trabalho, Manoel Dias, que a crise é fabricada pela oposição que perdeu a eleição é algo tão absurdo que não teria repercussão alguma se o autor da tese absurda não fosse um ministro de estado – clique aqui.

Uma vez perguntei a um grande empresário brasileiro se ele estava mais feliz com o segundo governo Dilma. Ele me falou que não porque, com exceção do Ministério da Fazenda, ele não via um plano de governo nem mesmo capacidade de gestão na grande maioria dos ministérios.

O problema de o governo passar a imagem de confuso vem de declarações como esta do Ministro do Trabalho. Ao mesmo tempo em que o governo tentar fazer um ajuste fiscal cujas medidas tiveram sua eficácia reduzida no Congresso e agora fala para quem quiser ouvir ou não em aumento da carga tributária, o ministro do trabalho fala que não existe crise econômica e que tudo não passa de uma invenção ou uma tentativa de golpe da oposição.

Só faltou falar que há uma intenção real de o governo até o final do ano procurar Papai Noel para participar do esforço de melhorar o Natal de 2015 e que neste processo talvez seja necessário que se crie um ministério com duendes para auxiliá-lo no seu trabalho.

O ministro do trabalho deixou de ser ministro de fato ontem, mas continuará no cargo ainda por algum tempo. O maior problema do governo hoje são as confusões que o próprio governo cria para si mesmo com informações desencontradas.

8 pensamentos sobre “O mundo paralelo do ministro do trabalho

  1. Continuo afirmando que, para determinadas funções, o sujeito ao ser indicado deveria passar por uma avaliação, não psicológica, mas psiquiátrica. Esse governo tem o “dom” de escolher ….. para ocupar certas funções.

  2. É lamentável ler um comentário do ministro quanto mais ouvir uma cantilena de um politico que não tem gabarito para exercer a função. Quer confundir os eleitores do partido que foram enganados e sentem vergonha de ter votado no governo e não tem argumentos para defender o partido que está ha mais de 12 anos no poder. Será que ele conhece inflação, juros altos, contas públicas destroçadas, previsão de pib negativo, déficits públicos em todos indicadores?

  3. O mnistro é horroroso mas o que ele fala não está de todo equivocado.

    Aécio claramente perdeu a mão nas críticas pós eleições e também já vem perdendo muito espaço no partido. Hoje Alckmim é o favorito para a disputa em 2018, justamente pelo seu estilo muito mais conciliador.

    Parte da culpa de a oposição ter perdido a última eleição é a falta de auto crítica consistente.

    • Mas as criticas do Aécio são corretas. Eu faço as mesmas criticas que ele e talvez faça criticas até piores. A crise não é invenção da oposição e a meu é preciso sim colocar de forma muito limpa que as tolices que fizemos e escolhas certas e erradas que fizemos não foram imposts pelo resto do mundo. Foram erros do governo e daqueles que apoiaram várias medidas que o governo tomou. O favorito para 2018 do PSDB será escolhido em 2018. Até lá muito água vai rolar.

      • Mansueto, comentário perfeito. Dizer que a crise econômica que o país vive é invenção da oposição é ter no mínimo uma visão míope, para não dizer cega, dos reais fatores que contribuíram para o atual momento econômico brasileiro.
        O que temos hoje é o fruto de uma política econômica desastrosa, equivocada e irresponsável do primeiro mandato da Presidente Dilma e de seus alquimistas: Guido Mantega, Arno Hugo Augustin Filho, e porque não acrescentar Luciano Coutinho, presidente do BNDES que foi conivente com o governo petista na concessão de empréstimos aos “hermanos” bolivarianos e africanos.
        A declaração feita pelo Ministério do Trabalho, só pode ser atribuída a uma pessoa que tem mau-caráter e que não inspira confiança. Fazer uma declaração desta natureza, só pode ser feita por uma pessoa desonesta, irresponsável, canalha e calhorda..

  4. Este é o resultado de um governo fraco, como o da atual presidente Dilma, que para fazer maioria no Congresso Nacional teve que fazer conchavos de aliança política com partidos políticos da pior qualidade política/ideológica.
    A declaração do Ministro do Trabalho, de que “Quem está em crise hoje é o mundo. Não somos nós”, e “que a crise brasileira é fabricada pela oposição que perdeu a eleição”, reflete muito bem a qualidade intelectual e cognitiva do Senhor Manoel Dias.
    É muito triste e desanimador pensar que aquele que deveria ser responsável, pelo ao menos teoricamente, na definição de políticas públicas relacionadas a ampliação do mercado de trabalho e qualificação/capacitação da mão-de-obra, que contribua para o crescimento/desenvolvimento econômico do país, tem a capacidade de dizer tamanha insensatez, disparate, tolice, asneira e despropósito.
    Pelo comentário do Ministro do Trabalho, posso inferir que o Senhor Manoel Dias é ignorante, não tem qualificação para o cargo,
    que não tem instrução, é um …….. e que revela uma total falta de conhecimento de sua pasta.
    CONCLUSÃO: A CLASSE POLÍTICA BRASILEIRA ESTÁ ACABANDO E DESCONSTRUINDO O NOSSO BRASIL.

  5. Como diz o ditado: Diga com quem andas que direi quem és.
    Esse é o tipo de pessoal que a presidente da republica gosta de se cercar.

    Então por ai você já ve o nivel de inteligencia das pessoas no poder. Como disse a revista Exame : “Não existe o menor risco de o país dar certo” com esse nível de pessoas comandando o pais.

Os comentários estão desativados.