Uma brasileira que cumpriu o seu dever

Luciana Tamborini é uma agente de trânsito do Rio de Janeiro que foi condenada a pagar uma indenização de R$ 5 mil a um juiz, João Carlos de Souza Correia, que foi parado em uma blitz da lei seca.

Segundo reportagem do portal G1 (clique aqui), o carro do juiz estava sem placa, ele sem carteira de habilitação e sem os documentos do carro, mas quem foi condenada foi ela, por abuso de poder.

Luciana pensou que um juiz era uma pessoa comum é que não era “Deus”. O desembargador José Carlos Paes entendeu que isso foi um deboche, um abuso de poder.

Sou simpático a agente de trânsito Luciana Tamborini que estava apenas cumprindo o seu dever.

IMG_0943.PNG

12 pensamentos sobre “Uma brasileira que cumpriu o seu dever

  1. Isso realmente é um absurdo,esqueceram de avisar a essa dedicada servidora de transito que infelizmente no nosso país,a lei sempre estar do lado mais forte e não do justo e direito,Minha solidariedade a essa moça injustiçada.

  2. Saiu ontem no G1 que este IMPOLUTO JuIz tem seis multas de trânsito vencidas que totalizam mais de R$ 2.000, 00 e com 28 pontos na CNH. A reportagem diz ainda que este ILIBADO representante do Poder Judiciário, já foi parado em outras ocasiões em blitz da Lei Seca, na cidade do Rio de Janeiro e que se negou a fazer o teste do bafômetro. Pobre Poder Judiciário que tem em seus quadros um Juiz cachaceiro e irresponsável.

  3. O judiciário é o resquício da monarquia em nosso estado: não tem transparência, não tem controle social e não preza pela democracia em sua estrutura.

  4. A cada dia fica claro que as mudanças não são necessárias só na economia. Infelizmente. Mas, também, felizmente, ficou claro que o cidadão, nas últimas eleições, deixou uma marca clara por mudanças profundas.

  5. Minha solidariedade para com essa servidora que estava apenas desempenhando com rigor seu trabalho. Meu repúdio à atitude desse juiz, que imagino eu, seja exceção e não regra.

Os comentários estão desativados.