Frase da Semana: Marcelo Odebrecht

Alguém me enviou e achei fantástico o resumo da Conferência Internacional Itaú BBA+ do dia 25 de abril de 2013, em São Paulo. Em especial, gostei muito do seguinte ponto do discurso do empresário Marcelo Odebrecht, presidente da Odebrecht S.A.:

De forma geral, as oportunidades no Brasil, segundo o executivo, são maiores para quem “está mais perto da mãe natureza”. Para ele, quanto mais avançado na cadeia produtiva industrial estiver o negócio, e quanto mais tradable for o produto, maiores são as dificuldades.

“Como país, somos caros e tendemos a permanecer caros nos próximos anos”, avaliou, ressalvando que os serviços são favorecidos por não sofrerem o mesmo nível de competição internacional. A ordem do jogo agora é aumentar a produtividade.

Antes que alguém venha me chamar de pessimista, quem falou isso não fui eu, mas sim o presidente de um dos grupos empresariais mais fortes do Brasil e com livre acesso ao  ex-presidente Lula e à Presidente da República.

3 pensamentos sobre “Frase da Semana: Marcelo Odebrecht

  1. Bem, a frase destacada dá ideia de algo quase que pouco dito nos últimos 11 anos. Isso considerando os oito anos do ex-presidente mais o tempo de governo da atual presidente, da mesma linha de comando.
    Ou seja, o Brasil já não é mais o mesmo. Ou poderia ser, já não seria mais o mesmo. As pessoas estão começando a falar sem o pejo de não tecer loas “à mãe Natureza”, que, neste sentido, entre aspas, um produto non-tradable.
    Não deixa de ser um avanço e tanto.

  2. Em uma mini-entrevista ao Estadão, nessa mesma época, ele disse também que via uma bolha de debêndures no Brasil…que qualquer empresa estava emitindo debêntures e conseguindo vender tudo com demanda acima da oferta. Interessante, não?

Os comentários estão desativados.