Entrevista à AE Broadcast-3

12:18 MANSUETO: GOVERNO TERÁ DIFICULDADE PARA MANTER TENDÊNCIA DE QUEDA REAL NO GASTO COM PESSOAL

Brasília, 23/07/2012 – O governo terá dificuldade para manter a tendência de queda real no gasto com pessoal, verificada no primeiro semestre deste ano sobre o mesmo período do ano passado, de acordo com o especialista em contas públicas Mansueto Almeida. Em entrevista ao AE Broadcast Ao Vivo, Mansueto afirmou que será difícil não atender às reivindicações de servidores públicos por novos reajustes acima da inflação.

“A surpresa este ano é o gasto com pessoal, que está com queda real até junho. Mas estamos no ponto mais baixo da curva”, afirmou. “Os sindicatos estão pedindo reajustes, você tem várias greves e há carreiras com poder de barganha forte. Vai ser muito difícil o governo segurar isso.”

Sobre os gastos de custeio, o economista disse que a política de reajuste do salário mínimo deixou o governo de “mãos atadas” neste ano para cortar essas despesas. “Neste ano, o governo está de mãos atadas por conta da política de salário mínimo. Por isso o custeio está aumentando brutalmente. É o que tem mais crescido no Brasil.”

(Beatriz Abreu, Adriana Fernandes – e Eduardo Cucolo)