Trem de Alta Velocidade: Caso Típico de Problema de Gestão de Investimentos

Esse é o título do bom texto  sobre o Trem de Alta Velocidade (TAV) de autoria do consultor legislativo do Senado Federal Marcos Mendes. O economista escreveu o texto discutindo custos e benefícios desse projeto. O texto é claro e questiona vários dos supostos benefícios do projeto do Trem Bala. Marcos argumenta que:

“….não houve uma clara caracterização e estudo dos problemas que o TAV se propõe a resolver. Aparentemente seu objetivo é reduzir os congestionamentos e riscos de acidentes aéreos e rodoviários no trecho Rio – São Paulo. Mas tal problema e seus custos não foram claramente caracterizados. Não foram analisadas outras alternativas, de menor custo, como trens de velocidade intermediária, mudança na estrutura aeroportuária, ampliação e recuperação de rodovias, reformulação de procedimentos de segurança de vôo, redistribuição de vôos entre aeroportos, conexão ferroviária entre os centros urbanos e aeroportos mais afastados, entre outros.

O projeto do Trem de Alta Velocidade (TAV) pode ser um projeto importante para o Brasil no futuro, mas é difícil convencer que esse projeto seja algo prioritário para o próximo governo. Seria bom para todos que os questionamentos feitos por Marcos Mendes neste texto para discussão  No 77 do Senado Federal fossem adequadamente respondidos – Acesse o texto completo aqui.