Debate sobre Economia Brasileira na Revista do Instituto Humanitas Unisinos

“Economia brasileira. Desafios e perspectivas” é o tema de capa da edição 338 da IHU On-Line de 09/08/2010. Contribuem para a discussão o economista Mansueto Almeida (IPEA), Carlos Lessa (UFRJ e ex-presidente do BNDES), Regis Bonelli (IBRE-FGV/RJ e ex-diretor do BNDES), Julio Gomes de Almeida (Economista do IEDI e professor da Unicamp), José Luis Oreiro (professor da UNB), Fernando Cardim de Carvalho (professor da UFRJ), Reinaldo Gonçalves (professor da UFRJ) , Fernando Sarti (professor da Unicamp), e Fernando Ferrari Filho (professor da Univ. Federal do Rio Grande do Sul).

Os economistas foram convidados a debater se existe ou não hoje no Brasil um projeto nacional de desenvolvimento, se há ou não desindustrialização, o apoio do estado à internacionalização de empresas, o papel do BNDES, etc. O debate é interessante e vale a pena ler os artigos.

Quando perguntado pela revista se há no Brasil um projeto de desenvolvimento nacional, os economistas responderam o seguinte: Mansueto Almeida, Carlos Lessa,  Fernando Cardim de Carvalho, e Reinaldo Gonçalves acham que não. Julio Gomes de Almeida, Fernando Sarti  e Fernando Ferrari Filho acham que sim.

A tese da desindustrialização também não é consensual. Mansueto Almeida, Regis Bonelli, Fernando Sarti, e Fernando Ferrari Filho acham que não há desindustrilização. Mas Julio Gomes de Almeida, Carlos Lessa, Reinaldo Gonçalves, e José Luis Oreiro acham que há um processo de desindustrialização em curso na economia brasileira.

Leiam as entrevistas (clique aqui), pois o debate é interessante.